Jesus pediu ao Pai que seus discípulos permanecessem sempre unidos, de maneira realmente próxima e santa; que fossem preservados de todo mal; que fossem verdadeira e intimamente santificados e não apenas exteriormente, cerimoniosamente; que tivessem sempre a verdade no espírito, no coração e na boca; e que se santificassem continuamente, ensinando tal santidade às demais pessoas (cf. João 17, 6-20).

Facebook Comments