São as virtudes que têm como origem, motivo e objeto imediato o próprio Deus. São infundidas no homem com a graça santificante, tornam-nos capazes de viver em relação com a Trindade e fundamentam e animam o agir moral do cristão, vivificando as virtudes humanas. Elas são o penhor da presença e da ação do Espírito Santo nas faculdades do ser humano.

Facebook Comments

Livros recomendados

Anunciar o Evangelho – Mensagens aos CatequistasBernardo de Claraval – Testemunha do seu tempo perante DeusTemas Atuais Para Pensar