Os frutos do Espírito Santo são perfeições plasmadas por Ele em nós como primícias da glória eterna. A tradição da Igreja enumera doze:

«- Amor,
– alegria,
– paz,
– paciência,
– longanimidade,
– bondade,
– benignidade,
– mansidão,
– fidelidade,
– modéstia,
– continência,
– castidade»
(Gálatas 5,22-23, cf. vulgata).

Facebook Comments

Livros recomendados

O Segredo de Maria (Cléofas)Comentário à Metafísica de Aristóteles IX–XII — Volume 3Meditações para a Páscoa e Pentecostes