Significa que Deus, sendo todo-poderoso, tirou do nada todas as coisas do universo, sejam elas visíveis ou invisíveis; isto também significa afirmar que, antes de Deus criar todas as coisas, estas não eram absolutamente nada, realmente inexistiam (cf. Sabedoria 2,2; 2Macabeus 7,28; Isaías 41,24).

Facebook Comments

Livros recomendados

O Segredo de Maria (Cléofas)O capital: Livro 1 – O processo de produção do capital (Vol. 2)A Paz na Família