Espaço do Leitor

Outro ataque (mais um!) à mãe de deus

Caro Fernando,

Minha resposta ao teu texto está em azul.

caros catolicos romanos, percebo a tentativa de voces de mostrar maria nas escrituras. mas tenho algumas consideracoes a fazer sobre esta assunto, é verdade que devemos ter respeito por ela como por qualquer servo de cristo, msa usar textos do velho testamento para mostar maria é uma verdadeira mentira. jesus diz que é dele que falam as escrituras, nos salmos, na lei e nos profetas, se voces nao conseguem ver o filho de Deus, mas encontram espaço para outras pessoas isto é prova da cegueira de voces.

 

Em primeiro lugar, não usamos apenas o AT para demonstrarmos a veracidade da doutrina católica acerca de Maria. Usamos o Novo Testamento também neste intento, citando textos absolutamente bombásticos contra as heresias protestantes a que, ao que tudo indica, você adere com toda a força de teu coração.

Tanto que você chegou ao despautério de afirmar que o Antigo Testamento fala apenas de Jesus Cristo, descontextualizando as palavras do Mestre (como sempre as descontextualizam os protestantes). Quer algumas provas do tamanho do teu equívoco neste ponto?

Bem no comecinho do Antigo Testamento, fala-se de uma certa serpente que, tentando a Eva diretamente, carregou todo o gênero humano para a morte eterna.

Seria esta serpente o próprio Jesus Cristo? Imagino que você pensa que sim, visto que, na tua tese, não se pode ver, no Antigo Testamento qualquer outra pessoa que não seja Jesus Cristo.

Ai de nós, pobres cristãos imersos na fogueira espiritual que, ao lermos esta passagem, desde o primeiro século, imaginávamos que esta serpente fosse o Demônio… Ainda bem que você, Fernando, vinte e um séculos depois, veio abrir nossos olhos para demonstrar que o tentador e o Pai da Mentira é Jesus em pessoa.

Ironias à parte, é óbvio que a tua tese não merece respaldo de qualquer exegeta minimamente sério. O Antigo Testamento fala de diversas pessoas. Fala, por exemplo, de São João Batista. Existem profecias que se cumpriram nele, e Jesus Cristo é quem nos assegura tal fato. É dele a voz que clamaria no deserto, anunciada por Isaias, e que aplainaria os caminhos do Senhor.

Portanto, não existe nada de errado em ver Maria no Antigo Testamento.

outra coisa, se maria nao tinha o pecado original como entao como ela foi salva? por cristo? impossivel visto que ele veio buscar o ue se havia perdido. teria sido pelas obras? tambem impossivel visto que pelas obras da lei niguem se salvará.

Caro Fernando, estas tuas perguntas revelam que você desconhece, em absoluto, a doutrina católica. E, mesmo desconhecendo, arvorou-se de inimigo do catolicismo, numa atitude muito pouco sábia. Combate o que não conhece. E, justamente por isto, tal qual os membros do Sinédrio advertidos por Gamalieu, combate contra o próprio Deus.

Maria foi salva por Cristo, como todo indíviduo do gênero humano. Contudo, tal salvação operou-se antes de seu nascimento, em previsão dos méritos de Nosso Salvador. Deus, sabendo que Ele entregaria a sua vida por nossa salvação, salvou Sua Santa Mãe antes de seu nascimento, para que o Messias encontra-se um ventre digno de Sua santidade.

quem foram os apostolos? homens que ensinaram e nos quais está fundamentada a igreja se eles queriam a adoracao ou homenagem a maria eles acaso nao o teriam ensinado? em qual das epistolas encontramos ensino sobre maria

Em primeiro lugar, em nenhum local da Bíblia se afirma que devemos adorar a Maria. Tal adoração é indevida e jamais o catolicismo, ainda que tacitamente, a admitiu.

Mas a Bíblia ensina, sim senhor, a homenagear Maria. Em Lc 1, 28, está escrito que o Anjo Gabriel, ao “entrar na presença de Maria” (expressão usada para designar a visita de um servo ao seu senhor), saudou-a: “Salve, cheia de graça”.

O que fez o arcanjo, meu caro Fernando, senão homenagear Maria?

E se o arcanjo o fez, como se atreve você a dizer que Maria não deve ser homenageada?

Em Lc 1,42, Isabel proclama: “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.”

Isabel, repleta do Espírito Santo, homenageou Maria. Se o espírito Santo impulsionou Isabel a esta saudação, como se atreve você, Fernando, dizer que Maria não deve ser homenageada? Como todo bom protestante, ao se afirmar inspirado diretamente pelo Espírito, acaba por fazer afirmações absolutamente opostas àquilo que o mesmo Espírito, nas Escrituras Sagradas, nos ordena.

Isto porque o “espírito do protestantismo” não é, exatamente, o Espírito de Deus…

E, por fim, para colocar uma pá de cal nas tuas afirmações, veja mais este trecho de Lucas, palavras vindas da boca da própria Maria:  “Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações“.

Pois é…

A Bíblia afirma que todas as gerações devem homenageá-la, enquanto você, Fernando, afirme que não se pode. Adivinha com quem eu ficarei!

outra coisa voces chamam maria de co-redentora, onde nas escrituras outra pessoa tem poder para perdoar pecados, somente o Deus todo poderoso, acaso estariam voces admitindo uma quarta deidade junto a trindade? se de fato voces estao admitindo então tudo isto é uma abrupta blasfemia. deixo estas questoes para que enviem as respostas para o meu e-mail.

Ninguém admite nenhuma deidade junto ao Deus Uno e Trino. Maria é co-redentora como todos nós, cristãos, também o somos, visto que, com nossa obediência, e aceitando nossas cruzes, participamos nós dos sacrifícios redentores de Jesus Cristo. Mais uma vez, é a própria Bíblia (pela pena de São Paulo) quem nos ensina doutrina tão sã e elevada (Cl 1, 24): “O que falta às tribulações de Cristo, completo na minha carne, por seu corpo que é a Igreja.”

Portanto, todos nós somos co-redentores. E, sendo Maria a mais perfeita cristã, ela é a mais perfeita co-redentora.

Que Deus te abençoe,

Alexandre.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Guerra dos CristerosO Livro dos Atos dos Apóstolos – Cadernos de Estudo BíblicoAs Grandes Heresias

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.