É muito comum ouvir por parte de quem defende o aborto a suposta necessidade de debater-se o assunto sem fim, como se ela nunca tivesse sido feita antes, ou como se não tivesse sido ainda esgotada. Geralmente nesses debates se fala sobre tudo, sobre religião, sobre Estado laico, sobre mortalidade materna, sobre humanização do aborto, mas o foco principal de verdade sempre se esquiva: o bebê. A mãe pode morrer num caso ou noutro (ainda que seja muito raro – vide os dados do DataSus), mas o bebê por nascer, esse morre 100% das vezes. Portanto o bebê é ponto central, o cerne de toda a questão.

O vídeo abaixo serve como matéria-prima, conteúdo sólido para aqueles que desejam debater a fundo essa questão, sem se esquivar da realidade total do que está em jogo.

Facebook Comments

Livros recomendados

O Canto do Violino – E Outros Ensaios InéditosO Fundador do Opus Dei – 3 Vols.Os anjos na vida dos santos