Espaço do Leitor

Pedro, pedra pequena?

– “Pedro” em grego significa “petro, pedra pequena”; portanto, quando o Senhor diz: “tu és pedro e sobre esta pedra edificarei minha igreja”, está falando de Si mesmo, até mesmo porque em grego “pedra” significa “petra, pedra grande”. Esta pedra citada pelo Senhor então não será o proprio Senhor? O próprio Pedro diz em sua carta que “Jesus é a pedra angular” e Paulo diz que “não se pode colocar outro fundamento além do que já está posto, que é Cristo Jesus” (Marcos).

Prezado Marcos,

Pax Domini!

Você se identifica como “católico” mas afirma e defende uma “tese” (=justificativa, desculpa) protestante! Parece esquecer que Jesus falava em aramaico e que, nesta língua, o termo EXATO empregado tanto para pedra (mineral) quanto para Pedro (nome) é INVARIÁVEL: “kefa” (que, aportuguesado, rendeu “Cefas”, como aliás encontramos diversas vezes no próprio NT em referência a Pedro, inclusive nas Bíblias protestantes: João 1,42; 1Coríntios 1,12; 9,5; 15,5; Gálatas 2,9… O trocadilho usado por Jesus, portanto, foi perfeito e só pode ser aplicado a Pedro.

Parece-nos que você, como católico, anda, no mínimo, freqüentando círculos protestantes ao invés de católicos, pois até desconhece qua a Igreja Católica jamais afirmou que Jesus Cristo não seria a “pedra angular” ou que não seria o Fundamento (cf. 1Coríntios 3,11), a Cabeça do Corpo (poderia, por exemplo, nos indicar em qual documento da Igreja esta afirmação absurda teria sido feita??). Ora, a Igreja Católica, Corpo místico, vive justamente por sua Cabeça: Cristo Senhor!

Você deveria, pois, como católico que afirma ser, ler com calma e atenção os documentos da Igreja Católica, bem como os inúmeros artigos que já publicamos sobre essa matéria aqui no Veritatis Splendor, refutando esses e outros argumentos protestantes. Recomendo alguns artigos básicos (mas você pode encontrar vários outros usando a ferramenta de busca existente no topo direito do site):

– https://www.veritatis.com.br/article/677/

– https://www.veritatis.com.br/article/558/

– https://www.veritatis.com.br/article/1433/

– https://www.veritatis.com.br/article/4527/

etc.

Se você tiver algum argumento inédito, ainda não apreciado ou explicado por nosso site (e não meras alegações infundadas protestantes), por favor volte a entrar em contato. Teremos grande prazer em respondê-lo.

PS – Pena que o endereço de email que o sr. informou não existe, como nos informou o “seu” provedor ao devolver-nos a nossa resposta. Espero, sinceramente, que o senhor volte a visitar o nosso site para ter acesso a esta mensagem…

[]s,
Que Deus te abençoe!

Facebook Comments

Livros recomendados

Um Esboço da Sanidade – Pequeno Manual do DistributismoO Napoleão de Notting HillA Paixão de Cristo Segundo o Cirurgião

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.