Para exercitar sobre eles a Sua misericórdia e confundir a soberba humana, fazendo com que reconhecessem a fraqueza oriunda da razão humana abandonada a si mesma e à Lei pura e simples. Isto fez despertar no homem o desejo pela vinda do Libertador, do Messias – Jesus Cristo -, que se daria exatamente “na plenitude dos tempos” (cf. Romanos 3,9; 8,3; Gálatas 4,4; Efésios 1,10).

Facebook Comments

Livros recomendados

Antônio Torres – Uma AntologiaCurar-se Para Ser FelizCientistas de Batina