Porque a família manifesta e realiza a natureza de comunhão e familiar da Igreja como família de Deus. Cada membro, a seu modo, exerce o sacerdócio batismal, contribuindo para fazer da família uma comunidade de graça e de oração, escola das virtudes humanas e cristãs, lugar do primeiro anúncio da fé aos filhos.

Facebook Comments

Livros recomendados

Uma Teologia da HistóriaCarta Aberta Aos Católicos PerplexosJoana d’Arc – A Donzela de Orléans