Porque com a legítima defesa se exerce a escolha de defender e valorizar o direito à própria vida e à dos outros, e não a escolha de matar. Para quem tem responsabilidade pela vida do outro, a legítima defesa pode até ser um dever grave. Todavia ela não deve comportar um uso da violência maior que o necessário.

Facebook Comments

Livros recomendados

Religião: Ópio do Povo?Para Conhecer e Viver As Verdades da FéOs anjos na vida dos santos