São:

– a Palavra de Deus, que nos dá a «sublime ciência de Cristo» (Filipenses 3,8);

– a Liturgia da Igreja que anuncia, atualiza e comunica o mistério da salvação;

– as virtudes teologais; e

– as situações quotidianas, porque nelas podemos encontrar Deus.

“Eu Vos amo, Senhor, e a única graça que Vos peço é a de Vos amar eternamente. Meu Deus, se a minha língua não pode repetir, a todo o momento, que Vos amo, quero que o meu coração o repita tantas vezes quantas eu respiro” (São João Maria Vianney).

Facebook Comments

Livros recomendados

Asterix gladiadorHá um Outro MundoA vida é traição