1. O véu do Templo, que separava o Santuário do Lugar Santo, se rasgou sozinho em duas partes, denotando assim que as sombras da Lei de Moisés tinham acabado para sempre e o céu, a partir de agora, estaria acessível aos homens, já que nele ingressou Jesus Cristo, o Redentor da humanidade.
2. Além disso, a terra tremeu fortemente, partindo montanhas e abrindo sepulturas. Muitos mortos temporariamente ressuscitaram e foram vistos circulando em Jerusalém. Por isso, São Paulo chamou Jesus Cristo de “o primogênito dentre os mortos, as primícias dos mortos” (cf. Mateus 27,53; 1Coríntios 15).

Facebook Comments

Livros recomendados

O capital: Livro 3 – O processo global de produção capitalista (Vol. 5)Devocionário à Divina Misericórdia –  Vol. IIPaixão por vencer