Judas obteve muitas vitórias contra Antíoco e os reis da Síria, seus sucessores, e também contra vários povos vizinhos da Judeia; conquistou Jerusalém, purificou o Templo e procedeu a sua dedicação, instituindo uma solenidade perpétua para honrar a memória deste fato (festa esta que foi também celebrada por Cristo, cf. João 10,22); por fim, morreu em combate comandando um pequeno exército de 800 homens frente a um imenso exército adversário. Sua intrépida confiança no poder de Deus e seu incontestável heroísmo tornou seu nome célebre para toda a posterioridade (cf. 1-2Macabeus).

Facebook Comments

Livros recomendados

Retratos do ImpérioOnde está o meu Deus?Édipo Mimético