1. Espontaneidade: a aparição não deve ser provocada por alguma artimanha (=evocação), já que o cristão não tem poderes para constranger os Santos ou os falecidos a aparecerem na terra.

2. Finalidade da Aparição: a autêntica aparição visa confirmar o homem na fé e nos bons costumes.

3. Outros Critérios: aplicam-se também todos os demais critérios que a Igreja considera para constatar a autenticidade de uma determinada revelação particular.

Facebook Comments