Devem-se confessar todos os pecados graves ainda não confessados, dos quais nos recordamos depois de um diligente exame de consciência. A confissão dos pecados graves é o único modo ordinário para obter o perdão.

Facebook Comments

Livros recomendados

As crônicas de NárniaSabedoria e Inocência – Vida de G. K. ChestertonOs Males da Ausência