Tenho uma amiga que está fazendo uma monografia e está precisando de artigos que falem dos seguintes assuntos:
– Diferenciar as Igrejas Triunfante e Militante.
– Destacar os elementos que permitem a comunhão entre a Igreja Triunfante e a Militante.
Desde já, sinto-me agradecida… (Sudanes)

Iniciemos falando primeiro sobre a Igreja e, depois, diferenciando a Igreja Triunfante da Igreja Militante:

Caro amigo,

A Igreja é a comunidade religiosa fundada por Cristo e que, por isso, reúne todos os seus seguidores. Como, porém, o Senhor “é Deus de vivos e não de mortos” (cf. Mt 22,32), então todos os membros que O professam atualmente na terra ou O professaram e já se encontram salvos, no céu (bem como aqueles que, também salvos, ainda se purificam no purgatório para ver o Senhor depois) fazem parte desta única e mesma Igreja.

Assim sendo, a Igreja Triunfante designa aqueles membros já falecidos que se encontram salvos, no céu (os Santos), e que têm a alegria indescritível de estar na presença de Deus, vendo-O como Ele é. Além destes, inclui-se também os anjos, que são mensageiros de Deus, e que também intercedem por nós.

Já a Igreja Militante designa os membros que vivem hoje sobre a terra, membros estes que lutam incansavelmente contra os poderes diabólicos, do mundo e da própria carne (cf. Ef 6,11-12; Gl 5,17).

Tais conceitos são especialmente importantes para compreendermos o processo da Comunhão dos Santos, fruto da caridade que se difunde entre todos estes membros da Igreja, onde todos caridosamente intercedem uns pelos outros nas orações que são oferecidas ao Pai Eterno e nas boas obras que são feitas por amor ao Seu nome, e que se revertem em preciosos benefícios para os membros da Igreja Militante (nós) e da Igreja Padecente (do purgatório).

Facebook Comments

Livros recomendados

A monarquia constitucional e a contribuição de José Bonifácio de Andrada e SilvaO Inferno e Seus TormentosO Canto do Violino – E Outros Ensaios Inéditos