Jesus Cristo não só restabelece a ordem inicial querida por Deus, mas dá a graça para viver o Matrimônio na nova dignidade de sacramento, que é o sinal do seu amor esponsal pela Igreja: «Vós maridos amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja» (Efésios 5,25).

Facebook Comments

Livros recomendados

A morte felizPara Conhecer e Viver As Verdades da FéA Educação Superior e o Resgate Intelectual – O Relatório de Yale de 1828