Princípio, sujeito e fim de todas as instituições sociais é e deve ser a pessoa. Certas sociedades, como a família e a sociedade civil, são necessárias para ela. São úteis ainda outras associações, tanto no interior das comunidades políticas como a nível internacional, no respeito do princípio de subsidiariedade.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Hora das HidroviasA cólera dos imbecis – Cartas de um terráqueo ao Planeta Brasil – Volume XOs anjos na vida dos santos