A Sagrada Tradição enxerga nestes, respectivamente, uma prefiguração de Jesus Cristo e dos Pastores da Igreja (cf. Gregório de Roma, Homilia 6 sobre Ezequiel; Beda o Venerável, Comentário sobre o Êxodo 25; v.tb.: João 8,12; Mateus 5,14-15; Apocalipse 1,20).

Facebook Comments