A paixão e a morte de Jesus não podem ser imputadas indistintamente nem a todos os judeus então vivos, nem aos outros judeus que depois viveram no tempo e no espaço. Cada pecador, isto é, cada homem, é realmente causa e instrumento dos sofrimentos do Redentor, e culpa maior têm aqueles, sobretudo se são cristãos, que mais frequentemente caem no pecado ou se deleitam nos vícios.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Nova Era: Jesus Cristo, Portador da Água VivaO capital: Livro 1 – O processo de produção do capital (Vol. 2)Estudos sobre o amor