Eram judeus que viviam em comunidades isoladas (inclusive monastérios), levando uma vida bastante simples e exemplar. Alguns eram celibatários, outros se casavam e observavam regras bem estritas, de modo que todos os essênios tentavam se afastar dos prazeres oferecidos por este mundo. Em acréscimo, reconheciam como inspirados vários outros livros além daqueles 46 que constam no nosso Antigo Testamento.

Facebook Comments

Livros recomendados

NamoroComentário à Metafísica de Aristóteles IX–XII — Volume 3Religião: Ópio do Povo?