Blog de Carlos Martins Nabeto

REFLEXÃO PATRÍSTICA – “NA CONCÓRDIA DA UNIDADE” (Santo Inácio de Antioquia, +107)

“De todos os modos vos convém glorificar a Jesus Cristo que vos glorifica, para que, perfeitamente unidos na obediência, sujeitos ao Bispo e ao Presbitério, vos santifiqueis em tudo.

Não vos dou ordens, como se fosse alguém. Mesmo carregado de correntes por causa do nome de Cristo, ainda não sou perfeito em Jesus Cristo. Só agora começo a ser discípulo e vos falo como a condiscípulos. Eu é que deveria ser ungido por vossa fé, exortações, paciência, serenidade. A caridade, porém, não me permite calar a vosso respeito; resolvi, por isso, adiantar-me e exortar-vos a serdes bem unidos ao pensamento de Deus: Jesus Cristo, nossa vida inseparável, é o pensamento do Pai, da mesma forma como os Bispos, em toda a extensão da terra, são o pensamento de Jesus Cristo.

Convém, pois, que vos encontreis com o pensamento do Bispo, como aliás já o fazeis. Na verdade, vosso inesquecível Presbitério, digno de Deus, está unido ao Bispo como as cordas à cítara. Deste modo, em vosso consenso e caridade, ressoa Jesus Cristo. Cada um de vós, igualmente, forme um coro, uníssono na concórdia, recebendo a melodia de Deus na unidade, para cantardes a uma só voz por Jesus Cristo ao Pai. Este vos ouvirá e reconhecer-vos-á por vossa atitude como membros de seu Filho. Na verdade, é útil para vós estar em imaculada unidade, a fim de que participeis sempre de Deus.

Se eu, em tão curto tempo, fiz tão grande amizade – não humana mas espiritual – com vosso Bispo, como vos considero felizes por lhe estardes unidos à semelhança da Igreja a Jesus Cristo e como Jesus Cristo ao Pai; para que de tudo resulte a unidade! Ninguém se engane: se alguém não estiver junto do altar, ficará privado do pão de Deus. Se a oração de um ou dois tem tamanha força, quanto mais a oração do Bispo e de toda a Igreja!” (Carta aos Efésios 2,2-5,2; Funk 1, 175-177).


Livros recomendados

São Francisco de AssisA Virgem Nossa SenhoraA Fé Explicada

About the author

Católico Porque...