Espaço do Leitor

Sacerdote ou leigo pode ser eleito papa?

Queridos irmãos, a Paz do Senhor.

Ao ler o artigo sobre títulos e funções eclesiásticas, fiquei com uma dúvida: se para ser nomeado Cardeal não é necessário ser sacerdote, como seria se um desses Cardeais fosse eleito Papa?

Se os Bispos são os sucessores dos Apóstolos, como alguém que não é Bispo poderá ocupar o lugar de Pedro, ser Bispo de Roma?

Desde já agradeço a resposta.

Grato,

Odair.


Caríssimo sr. Odair, estimado em Cristo,

Obrigado por sua consulta.

Realmente, para ser criado Cardeal, não é necessário nem mesmo ser sacerdote. Todavia, a prática da Igreja é que, no mínimo, o sejam no grau de presbítero. Nos últimos tempos, inclusive, tivemos alguns Cardeais que não eram Bispos e muito se destacaram: o Cardeal Avery Dulles, Sj, e o Cardeal Henri-Marie de Lubac. Foram sacerdotes, não Bispos, mas Cardeais, grandes Cardeais.

Quanto ao fato de um Cardeal que não é Bispo ser eleito Papa, devo lembrar que qualquer varão pode ser escolhido para ocupar a Santa Sé, mesmo um leigo. Não é nem necessário ser Cardeal! Os Cardeais são eleitores, mas podem eleger alguém que não pertence ao Colégio Cardinalício. Assim, a indação se estende: como alguém que sequer é sacerdote (ou, se o fosse, que não é Bispo), pode ser eleito Bispo de Roma?

Ora, a questão resolve-se de maneira bem simples. Eleito um sacerdote (Cardeal ou não) para o sumo pontificado, deve ele, se aceitar a nomeação, ser sagrado Bispo para, então, assumir a Santa Sé. De outra sorte, eleito um leigo (Cardeal ou não), deve ele, se aceitar a nomeação também, ser ordenado diácono, e, então, sacerdote, para, enfim, ser sagrado Bispo, quando, então, assumirá a Sé Romana.

Nisso, vê-se que, embora um sacerdote ou um leigo possam ser eleitos Papa, não poderão exercer o papado nem ocupar a Sé Apostólica sem se converterem em Bispos. A eleição pode recair em qualquer varão, Cardeal, Bispo, sacerdote, diácono, ou leigo, mas, se não tiver o episcopado, deve o eleito recebê-lo. Todos os Bispos de Roma, então, devem ser verdadeiros Bispos, ainda que possam não o ser quando de sua eleição.

Em Cristo,

Facebook Comments

Livros recomendados

A Virgem Nossa SenhoraA Paixão de Cristo Segundo o CirurgiãoTremendas Trivialidades

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.