“Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos.” (Jo 15,13).

Se compreendêssemos verdadeiramente o amor de Deus, entenderíamos o porquê Jesus morreu numa cruz.

Buscaríamos viver este amor no próximo, tomando para nós a nossa cruz, de aprender a amar a pessoa que mais esta próxima de nós e que muitas vezes nos fere, porque demonstramos amor para ela mais somos incompreendidos.

Temos que compreender o dom de Deus, para entendermos o amor que Ele tem para conosco. Não ficaríamos sem amor, sem este vazio que muitas vezes nos encontramos.

Há tantas feridas que ainda sangra em nossos corações, que impede de Deus tocar nela, para nos curar. O Senhor Jesus quer muitas vezes curar nossas feridas, mais não deixamos Ele tocar porque pensamos que vai nos ferir mais ainda, mais o toque do Senhor e um toque de amor, que sara todas as feridas.

Temos que buscar mais o Senhor, e ter a coragem de apresentar para Ele as feridas que impedem de nós amarmos assim como Ele amou, entregando se por todos, dando a vida pelos seus amigos.

Não precisamos buscar amor em outros lugares, que muitas vezes ao invés de recebermos amor, encontramos somente espinhos, que nos machuca e fere mais ainda. Fazendo com que a ferida aumente, e quando deparamos diante daquele que é o puro amor, nós recuamos e não deixamos Ele tocar.

Quando descobrimos o amor de Deus por nós, abandonamos tudo, e entregamos inteiramente a este amor, que cuida de nossas feridas, que sara toda a dor ocasionada pelos caminhos errados que tomamos e também por situações erradas que colocamos em prática fazendo com que as feridas aumentem.

O Senhor nos busca há todos instantes se compreendessem verdadeiramente, escutaríamos mais a voz do Senhor em nossos corações, Ele quer falar a todo o momento de nossas vidas: “Filhos eu vos amo, tenho muito amor a te dar, abra o seu coração e deixe-me tocar, me deixe fazer morada no seu coração, para que eu possa preencher todo o seu ser com o meu amor. Eu estou aqui filho deixo eu te amar, me deixar curar as suas feridas, eu quero sarar as tuas feridas, para que você possa caminhar em paz e no meu amor.”

Irmãos abram os vossos corações para o amor de Jesus, Ele foi pregado numa cruz amando, e derramando o amor, que salvou toda a humanidade, este amor te persegue, ele quer te preencher, tirar todo o vazio de sua alma.

É assim que o Senhor nos ama, entregando a vida, se pudéssemos ver como é verdadeiramente o amor de Deus, não agüentaríamos teríamos que morrer, para ganhar a vida, mais enquanto estamos aqui neste mundo que quer colocar tanta sujeira em nossos corações, temos que viver amando, entregando a nossa vida pelos nossos amigos.

Vamos orar:

Ó Pai amado, nós queremos ser inebriados pelo teu amor, temos a necessidade de sermos amados, Senhor temos feridas, que apagaram o amor que temos por ti, ó, Senhor”! Tende piedade dos teus filhos, que muitas vezes não escuta a sua voz, dizendo que nos ama. Perdoa nos Senhor por tanta falta de fé e abertura para o teu amor. Por isso Senhor derrama o teu Espírito Santo, que resultado do teu amor Pai para com seu Filho Jesus, o Espírito da verdade, para possamos viver intensamente o seu amor no próximo. Vem Senhor, socorra-nos na nossa fraqueza, restaura Senhor em nós com o teu amor, para que sejamos preenchidos por inteiro. Para que possamos amar verdadeiramente os nossos amigos dando a nossa vida por Eles. Ensina nos Senhor a amar como tu nos amaste. Amém.

Facebook Comments

Livros recomendados

As crônicas de NárniaMeditações para a Páscoa e PentecostesA Mentalidade Anticapitalista – 2ª Edição