Debates

Sobre desafio protestante – Parte II

Nesta segunda-feira atendemos ao “desafio” (1) de um desconhecido sítio protestante que diz trabalhar “Em nome do Senhor Jesus”. O endereço do sítio não será divulgado aqui, pois o recente sítio quer ser divulgado “em nossas costas”.

O responsável pelo “desafio” se mantém no anonimato. Jesus não ficou no anonimato quando disputou com os Fariseus e nem S. Paulo quando disputou com os judeus nas sinagogas ou com os gregos no Areópago de Atenas. Como vemos o tal “Cristão Leal” age em total desencontro com o exemplo evangélico.

Além disto, o tal “Cristão Leal” fugiu pela tangente ao se recusar provar a veracidade dos princípios protestantes em que ele se fundamenta. Nada mais lógico e justo que numa disputa se prove que as premissas são verdadeiras. Porém, como já sabemos, a lógica protestante é não ter lógica alguma.

A soberba do “Cristão Leal” é tão grande que ele escreve:

“Abrimos as portas do site […] para os católicos que queiram tirar suas duvidas em relação a diversos assuntos ligados a sua própria religião que até o momento, nem mesmo os estudiosos católicos responderam. DEUS nos deu esse espaço para que aqui fosse mostrado a verdade e não vamos parar por aqui, para desespero dos seguidores de baal que não desejam de modo algum que vocês, católicos/as, conheçam a total verdade, já que para eles será um prejuízo enorme. Sites como Veritatis, doutrinacatolica, montfort só sobrevivem alimentando-se de mentiras e só você pode dar um basta nisso ! eles nem entram no céu e nem querem que vocês entrem”.

Como se vê, o tal protestante se intitulou Doutor em Doutrina Católica. Agora, segundo ele, os católicos não devem tirar suas dúvidas com a Igreja ou apostolados católicos, mas com ele? Uma pessoa imbuída de tal espírito de soberba não está interessado pela Verdade, é claro, quer como todo bom protestante somente PROTESTAR.

Se fosse verdade o que afirma o “doutor” em Doutrina Católica, não teríamos tantas conversões protestantes e nem tantos católicos voltariam a amar da Igreja. Além do mais quem conhece nosso trabalho sabe, que defendemos a Fé de sempre com sobriedade e com testemunhos históricos e não com sofismas “bíblicos”.

Todas as oito questões sugeridas já foram amplamente respondidas pelo nosso apostolado. Contudo, MAIS UMA VEZ ficaremos felizes em respondê-las, já que S. Pedro nos ensinou “Portanto, não temais as suas ameaças e não vos turbeis. Antes santificai em vossos corações Cristo, o Senhor. Estai sempre prontos a responder para vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança, mas fazei-o com suavidade e respeito” (1 Pd 3,15).

Nossos leitores e o anônimo “Cristão Leal” poderão acompanhá-las aqui semanalmente, pois serão publicadas na seção “Respostas Católicas”. Não poderíamos é claro negar o pedido dos fiéis católicos, visto que atualmente somos o ÚNICO apostolado católico apologético que ainda luta contra os erros protestantes.

Porém já sabemos de antemão que as provas bíblicas que apresentaremos não trarão a conversão do “doutor” em Catolicismo, pois a própria Escritura ensina que “Deus resiste aos soberbos, mas dá sua graça aos humildes” (cf. Tg 4,6).

Acusar a Igreja Católica é fácil, difícil é provar a veracidade do Protestantismo, religião inventada por Lutero e que desde o século XVI se reinventa.

Aproveitamos o “desafio” do Sr. “Cristão Leal” intitulado por si mesmo doutor em Doutrina Católica para nos responder pela sua Bíblia incompleta de 66 livros inventada por Lutero, as seguintes questões:

  1. Onde a Bíblia ensina que na Ceia do Senhor as espécies do Pão e do Vinho apenas representam o Corpo e o Sangue de Cristo e não são VERDADEIRAMENTE SEU CORPO E SEU SANGUE?
  2. Onde a Bíblia ensina a doutrina de Lutero de que a adoração cristã é somente um culto de louvor e não o oferecimento do Sacrifício incruento de Cristo a Deus?
  3. Onde a Bíblia ensina a doutrina de Lutero da Sola Scriptura?
  4. Onde a Bíblia ensina a doutrina de Lutero “uma vez salvo sempre salvo”?
  5. Onde a Bíblia ensina a doutrina de Lutero de que a Igreja é formada pelo conjunto de todos os crentes em Jesus e não pela congregação de fiéis aos cuidados dos legítimos sucessores dos apóstolos?
  6. Onde a Bíblia ensina a doutrina de Lutero de que todo cristão pode aprender e entender a Escritura somente com o auxílio do Espírito Santo?
  7. Onde a Bíblia ensina que os santos que estão no céu não intercedem por nós?
  8. Por fim, queremos que se prove SOMENTE PELA BÍBLIA que ela tem 66 livros e não 73.

Notas

(1) LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: Sobre Desafio Protestante. Disponível em https://www.veritatis.com.br/article/4560. Desde 10/9/2007.

Facebook Comments

Livros recomendados

O Livro do Êxodo – Cadernos de Estudo BíblicoO Evangelho de São João – Cadernos de Estudo BíblicoA Fé Explicada

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.