Testemunhos

Testemunho de alexis carrel (1873-1944)

Alexis Carrel (1873-1944)

Alexis Carrel foi Prêmio Nobel em Medicina. Perdeu a fé de sua infância e entregou-se ao materialismo positivista. Aos poucos, porém, foi tomando consciência de que este não respondia a perguntas fundamentais do seu coração. Viajou para Lourdes, acompanhando uma enferma de câncer terminal; lá verificou, com todo o rigor científico, a cura da moléstia. Isto o impressionou profundamente, levando-o a uma busca sincera e sequiosa da verdade. Escreveu contra o materialismo e também contra a religião acomodada ou de fachada, sem, porém, chegar a uma crença definida. No fim da vida, caiu gravemente enfermo; então aguçou-se-lhe o drama do sentido da vida; resolveu entregar-se a Deus como um menino e pediu os sacramentos da Igreja. O empurrão decisivo foi-lhe dado ao presenciar a têmpera forte e heróica de uma órfãzinha. Exclamou então: “Minha salvação está em que uma pobre ignorante me segure a mão e me guie… Sim; quando se trata de não morrer como um cão, mas de terminar a vida nobremente, é somente junto aos humildes adoradores de Deus que os filósofos hão de buscar lições de Lógica”.

A propósito ver PR 406/1996, p. 137-144 (A Viagem de Lourdes).


Livros recomendados

O Cristão Bem Formado – 2ª EdiçãoO Último ExorcistaO Milagre da Igreja





Veja também  Cerca de 400 mil anglicanos descontes com canterbury solicitam "união plena" com roma

About the author

Veritatis Splendor