Reserve um momento para ler isto… Pode mudar a sua vida!

* * *

Se a vida e viver a vida são uma luta para você neste momento, o convite a seguir pode muito bem ajudá-lo.

A luta sempre fez parte da vida ao longo da história humana. O que é muito decepcionante nestes tempos modernos é que, com toda a magia da tecnologia moderna, muitos desses problemas não estão melhorando. De fato, em pouco mais de 150 anos, matamos milhões e milhões de pessoas com os nossos modernos métodos de guerra e técnicas de extermínio. Aqueles de nós que escaparam, passamos a consumir os recursos do mundo a tal ponto que todo homem, mulher e criança sobre a Terra vive em um ambiente poluído, em um grau ou outro.

O problema é que ficamos cegos à nossa verdadeira natureza. Não somos seres que nascemos para viver uma vida bem curta e depois desaparecemos no esquecimento. Ficamos tão preocupados com os nossos direitos pessoais e com a luta por ganho material que acabamos por perder o contato com a parte da nossa natureza que vive além do nosso ser físico. Gostemos ou não, optamos pelo benefício físico tangível e pelo direito de desfrutá-lo, às custas do nosso bem-estar espiritual.

No entanto, dentro da maioria de nós sentimos que somos mais do que simplesmente um corpo físico que surge sobre a Terra em algum momento e posteriormente desaparece. Pesquisas indicam que, de longe, a maior porcentagem de nós acredita que existe um Deus ou alguma inteligência controladora por trás de tudo neste universo.

Nos últimos anos tem havido um crescimento constante no interesse em explorar o espiritual, buscando respostas que parecem nos iludir no aqui e agora. O problema é, porém, para onde vamos e quem vemos para tentar trazer essa parte imortal do nosso ser de volta ao dia a dia das nossas vidas.

O primeiro passo é pedir! Pedir a quem? Pedir ao Deus que nos criou e que a maioria de nós crê que existe em algum lugar? Por exemplo: certa noite, uma jovem viciada em drogas acordou de um sono perturbado, sentou-se na cama e simplesmente implorou: “Deus, me ajuda!”, e depois voltou a dormir. Quando ela acordou pela manhã, o vício em drogas que a atormentava em sua vida se fôra. A partir daquele momento, ela começou a reconstruir a sua vida, buscando orientação em Deus e, com o tempo, tornou-se uma pessoa bastante carinhosa, alcançando outras pessoas que sofriam com vícios dos mais variados tipos.

O Deus que ajudou aquela jovem a recuperar a sua vida realmente ama todos e a cada um de nós, sem exceção, tanto é verdade que Ele enviou Alguém para nos ajudar a abrir mais plenamente o caminho de volta até Ele. Esse Alguém era o Seu Filho, Jesus Cristo. A entrada desta Pessoa mudou mais a história humana do que qualquer outra pessoa nascida nesta terra.

A mudança é possível em qualquer vida enquanto houver vida. Além disso, não custa nada. Tudo o que precisamos fazer é chegar e pedir. Há todo tipo de fórmulas de oração que foram escritas para se lidar com essas situações, mas também pode ser tão simples quanto: “Senhor Jesus: ajuda-me, por favor! Tentarei segui-Lo para onde quer que me indiques”.

Por que você não pára de ler agora e convida Jesus para o seu coração, fazendo um convite simples como este que acabei de descrever? Não importa quem você é, ou qual a sua formação, ou onde você está; todos fomos criados pelo mesmo Senhor e Doador da Vida. Quando você estender esse convite, Jesus aceitará e virá imediatamente para estar com você. Ele esperou toda a sua vida por esse momento; portanto, se você acabou de fazer esse convite, descanse com Ele por um momento antes de continuar a ler.

É impossível amar algo ou seguir alguém que você não conhece. A maneira mais rápida e fácil de descobrir mais sobre Jesus é ler sobre a Sua vida nos quatro Evangelhos do Novo Testamento. Saia e procure ou compre uma cópia do Novo Testamento o mais rápido possível; (…) está disponível na maioria das grandes livrarias. (…)

Você precisará de auxílio no seu novo relacionamento com Cristo e escolher quem o auxiliará é um passo muito importante. A melhor sugestão seria você se aproximar da Igreja Católica Romana, que foi fundada por Jesus Cristo e seus Apóstolos há cerca de 2.000 anos. Os católicos creem que Jesus Cristo é Deus, Senhor e Salvador de toda a humanidade. Para continuar a Sua presença salvadora e mensagem através da história, Jesus fundou uma Igreja que é visível na Igreja Católica Romana. Os católicos creem que a Igreja continuará sua missão até o fim do mundo, quando o próprio Jesus retornará.

O Senhor concedeu um dom especial de ensino a Pedro e aos outros Apóstolos, que continua nos seus sucessores: o Papa e os Bispos até os dias atuais. Há uma sucessão ininterrupta de Papas, 264 em número, desde o original Pedro Apóstolo até o atual Papa Francisco. Assim como Jesus era a comunicação visível do amor de Deus, também Jesus se comunica através da estrutura visível da Igreja. A natureza mística e divina da Igreja está ligada à sua estrutura social. De que outra forma Deus pode se revelar com certeza, exceto através daquilo que é acessível à pessoa humana?

O ingresso de adultos na Igreja é amplamente realizado através de um processo chamado de “Rito de Iniciação Cristã para Adultos” (RICA). Este RICA é um processo gradual que pode ser ajustado às necessidades do indivíduo e a sua participação não impõe ao solicitante nenhuma obrigação de ingressar na Igreja. Em geral, porém, os recém-chegados que escolhem seguir em frente são recebidos na Igreja na Vigília da Páscoa, no Sábado Santo.

Há alguns anos saiu uma história sobre uma jovem família que se mudou para uma nova paróquia. O marido e a esposa rapidamente se envolveram na vida paroquial através de suas várias pastorais. O pároco notou, no entanto, que quando a família se apresentava para a comunhão, a esposa permanecia [sentada] no banco. Isso não é particularmente notável, pois há muitos casamentos em que um dos cônjuges não é católico; mas nesse caso em particular, essa mulher fazia parte da vida paroquial e o pastor não conseguiu conter a sua curiosidade. Certo dia, quando estavam trabalhando juntos em um projeto, ele perguntou se ela já havia pensado em se tornar católica; ela respondeu que “sim, muitas vezes”. Perguntou o pároco: “Então qual é o problema? Posso ajudar de alguma maneira”. Ela então respondeu: “Bem, padre: é que ninguém tinha me convidado…”

Para ter certeza de que a mesma situação não acontece com você, por que não aceita o nosso convite para descobrir Cristo em Sua Igreja Católica? Se você gostar do que irá ver, o resto será entre você e Deus. É simples, basta telefonar para a secretaria da Igreja Católica mais próxima de você e pedir para falar com o padre. Se ele não estiver disponível, explique à pessoa que atende o telefone que você está interessado em descobrir mais sobre a Igreja Católica e ela irá ajudá-lo. Se você tiver algum problema ao entrar em contato com uma paróquia, escreva-nos e tentaremos ajudá-lo. (…)

Temos um outro artigo, que você pode achar útil, intitulado “Aproximando-se da Igreja Católica pela primeira vez” (…) Você pode lê-lo aqui. (…)

Que Deus o abençoe em sua busca e tenha certeza de que você está em nossas orações.

Facebook Comments

Livros recomendados

A cólera dos imbecis – Cartas de um terráqueo ao Planeta Brasil – Volume XDoutor FaustoEnergia Nuclear