Bem próximo da morte, Jacó profetizou muitas coisas acerca de cada um dos seus filhos e da sua respectiva posterioridade. Ao chegar a vez de seu filho Judá, disse-lhe: “O cetro não será tirado de Judá, nem o príncipe da sua descendência, até que venha Aquele que deve ser enviado; e Ele será a esperança das nações” (cf. Gênesis 49,10).

Facebook Comments

Livros recomendados

Poesia Reunida: 1985-1999A viagem de BediaiDo outro lado do rio, entre as árvores