A Sagrada Escritura dá sustento e vigor à vida da Igreja. É para os seus filhos firmeza da fé, alimento e fonte de vida espiritual. É a alma da teologia e da pregação pastoral. Diz o Salmista: ela é “lâmpada para os meus passos, luz no meu caminho” (Salmo 119,105). Por isso, a Igreja exorta à leitura frequente da Sagrada Escritura, uma vez que “a ignorância das Escrituras é ignorância de Cristo” (São Jerônimo).

Facebook Comments

Livros recomendados

A morte felizRetorno e SaídaComentário à Metafísica de Aristóteles IX–XII — Volume 3