Deus, que é amor e criou o homem por amor, chamou-o a amar. Criando o homem e a mulher, chamou-os, no Matrimônio, a uma íntima comunhão de vida e de amor entre eles, «de modo que já não são dois, mas uma só carne» (Mateus 19,6). Abençoando-os, Deus disse-lhes: «sede fecundos e multiplicai-vos» (Gênesis 1,28).

Facebook Comments

Livros recomendados

Curar-se Para Ser FelizSenhor, Tende PiedadeA monarquia constitucional e a contribuição de José Bonifácio de Andrada e Silva