Espaço do Leitor

Casamento misto e ecumênico no local da festa: é possivel?

A Paz de Jesus!

Tudo bom? Estou escrevendo pra tirar uma dúvida: sou católico, fiz primeira comunhão, crisma e faço parte de um grupo de oração. Minha noiva é evangélica (batista). Nós vamos nos casar em Dezembro de 2006, mas estamos preocupados… Nós nos respeitamos muito e, ao mesmo tempo, somos convictos em nossas religiões… Então, estávamos pensando em realizar a cerimônia no local da festa, celebrada por um Padre e por um Pastor. Claro que pediríamos autorização…

Queria saber se isto é possível ou seria melhor outra solução. Infelizmente, a Igreja Batista não faz parte do Ecumenismo, o que pode atrapalhar um pouco a nossa situação. Muito Obrigado desde já.

Um abraço a todos.

Marcelo – Rio de Janeiro

Prezado Marcelo.
 
Paz!
 
Normalmente o casamento é celebrado na Igreja da parte católica, onde se pede a dispensa do impedimento de mista religião. O não-católico permanece não-católico e a parte católica assume o compromisso de fazer tudo para manter a fé e educar os filhos na fé católica. A parte não-católica deve estar ciente de tudo isso. O amor supera todas as dificuldades, principalmente quando há o respeito e a presença de Deus na vida dos dois.
 
Quanto à celebração no local da festa, tudo depende das orientações da Arquidiocese do Rio de Janeiro. A primeira coisa a ser feita é conversar com o Pároco do lugar e obter as informações necessárias. Na celebração, se for ecumênica, sempre o Padre é que recebe o consentimento dos noivos. O Pastor pode proclamar a Palavra e fazer a pregação, bem como entregar as alianças. Tudo ficaria no acordo entre os dois Ministros (Católico e Batista).
 
Não há nada que um bom diálogo não possa resolver.
 
Com o carinho e a bênção do Pe. Caetano Rizzi.
Veja também  Leitor pede nossa opinião sobre a crise na igreja