Respostas Católicas

Cristo ressuscitado tinha sangue? a eucaristia não é uma farsa?

– Como cristão bíblico, eu devo dizer a vocês que a Eucaristia católica não pode ser o sangue de Cristo, pois o Jesus glorificado não tem sangue. A Bíblia ensina que "a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus" (1Coríntios 15:50). Quando Jesus apareceu aos seus discípulos após a sua Resurreição, disse-lhes: "Olhai as minhas mãos e os meus pés; sou eu mesmo! Vede, pois um espírito não tem carne nem ossos; mas eu os tenho" (Lucas 24:39). Viram como ele não mencionou o seu sangue? Isso demonstra que ele não o tem; logo, a Eucaristia católica é uma falsidade. (Anônimo)

A sua interpretação mina a sua própria crença como "cristão bíblico" e refuta o seu próprio argumento contra a Eucaristia. Se 1Coríntios 15,50 prova que Jesus ressuscitado não possui sangue e que, assim, a Eucaristia não pode ser o Seu sangue, o mesmo texto demonstra que Ele não tem carne e, portanto, não pode ter ressuscitado corporalmente.

Lucas 24,39 mostra que Jesus glorificado tem carne ("um espírito não tem carne nem ossos"), então 1Coríntios 15,50 significa que os seres ressuscitados não têm carne ou sangue. O que Paulo quis dizer, então, quando declarou: "A carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus"? Ele está dizendo que a vida natural, a vida física tal como ela é agora constituída não pode herdar o reino de Deus. Uma transformação sobrenatural deve ocorrer primeiro (1Coríntios 15,53).

Você está certo quando diz que Cristo não fez menção ao seu sangue em Lucas 24,39, mas e daí? Naquelas circunstâncias, não havia razão alguma para esperar que Ele mencionasse o seu sangue; portanto, o fato de não ter dito nada também não prova nada.

Veja também  Qual é a relação entre os sacramentos e a vida eterna?