Respostas Católicas

Se jesus não acreditava na sola scriptura então porque ele a citava em seus debates?

– Se Jesus não acreditava que a Bíblia era a única regra de fé, então porque ele a citava em seus debates com os fariseus e os saduceus? (Anônimo)

A simples citação da Bíblia como autoridade não significa que a pessoa que a cita acredite que apenas ela possua autoridade. Os católicos, por exemplo, citam a Escritura ao fundamentar as suas posições; mesmo assim eles não crêem que a Bíblia seja a única regra de fé.

Os judeus dos dias de Jesus citavam a Bíblia para defender suas crenças, mas também seguiam suas tradições (Mateus 15,2). Algumas eram legítimas, outras não. Veja Jesus atacando uma das tradições ilegítimas: o costume fariseu do Corban (Mateus 15,4-9).

Este seu ataque é tido por alguns como uma rejeição de toda a tradição e como uma afirmação da "sola Scriptura", mas realmente só demonstra que Ele se opunha às tradições humanas que contrariavam a Escritura e não que rejeitava toda tradição. Portanto, você não pode concluir, a partir da simples citação da Bíblia por Jesus, que alguém deva crer somente na Bíblia ou que a Bíblia é a única regra de fé e toda tradição deva ser rejeitada.

Jesus citava o Antigo Testamento porque este era Palavra de Deus e, como tal, possuía autoridade para estabelecer as questões teológicas que eram levantadas. Ademais, em razão da Escritura ser aceita tanto por Jesus quanto por seus oponentes, Ele podia apelar a ela como solo comum entre eles. Aqui Ele seguia a sua prática usual de empregar aquilo o que os seus inimigos, pelo menos em teoria, aceitavam como vinculatório.

Considere seu debate com os saduceus, em Mateus 22,23-33, sobre a ressurreição da carne. Os saduceus, que aceitavam como inspirado apenas o Pentateuco (os primeiros cinco livros do Antigo Testamento), não acreditavam na ressurreição dos corpos. Refutando-os, Cristo citou apenas o Pentateuco (Êxodo 3,6), não porque não reconhecesse os demais livros do Antigo Testamento – que explicitamente mencionam a ressurreição da carne, como Daniel 12,2 e 13 -, mas porque os saduceus não aceitavam estes outros livros. Apelar para uma autoridade que não era aceita demonstrar-se-ia inútil, então Jesus provou a sua posição fazendo referência a uma autoridade aceita pelos saduceus.

Veja também  Respostas aos protestantes quanto ao uso da cruz no peito