Deus criou o universo livremente, com sabedoria e amor. O mundo não é o produto de uma necessidade, de um destino cego ou do acaso. Deus criou «do nada» (“ex nihilo”: 2Macabeus 7,28), apenas por sua Palavra (Salmo 148,5), um mundo ordenado e bom, que Ele transcende infinitamente. Deus conserva no ser a sua criação e sustenta-a, dando-lhe a capacidade de agir, e conduzindo-a à sua realização, por meio do seu Filho e do Espírito Santo.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Selva – Sobre o SacerdócioOs axiomas de Zurique – Os conselhos dos banqueiros suíços para orientar seus investimentosA viagem de Bediai