Protestantismo

Houve uma grande apostasia, como diz o mormonismo?

[Nota do Tradutor: a igreja Mórmon alega que pouco depois da morte e ascensão de Cristo houve uma grande apostasia e que ela é a verdadeira igreja que veio restaurar o cristianismo original. Para um outro estudo  profundo sobre apostasia e restauração, veja https://www.veritatis.com.br/article/5228/]

Cristo prometeu que Ele estaria conosco, com todos nós, até o fim dos tempos, não só por 50 ou 100 anos (Mt. 28.20: “…e eu estarei convosco todos os dias até a consumação dos séculos. Amém”). Ele também os prometeu o Consolador, o Espírito Santo, para nos guiar**. Os mórmons acham que Jesus é um mentiroso. Não, Jesus falou a verdade, Ele está conosco e SEMPRE esteve conosco.

**Jo. 14.16: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco” [N. do T.: O Robertson’s NT Word Pictures diz: “‘para sempre’ – eis ton aiona – Este é o propóstio em vista e Jesus quer dizer que estaria com seu povo para sempre – Mt. 28.20″. O Gill’s Expositor também alude que o Espírito Santo iria continuar ministrando na igreja até o fim do mundo. Isto se parece com uma igreja apóstata?]

**Jo. 14.26: “mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito”

**Jo. 15:26: “Quando, porém, vier o Consolador, que eu vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da verdade, que dele procede, esse dará testemunho de mim”

**Jo. 16:7:”Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei.”.

Estou escrevendo este artigo em 4 de outubro, dia da festa de S. Francisco de Assis. Sua vida, conversão, seus diálogos com nosso Senhor, as mesmas marcas de Jesus que ele recebeu em seu corpo nos provam que uma “GRANDE APOSTASIA” nunca ocorreu como os mórmons gostariam de nos fazer acreditar. S. Francisco é a prova de que Jesus não abandonou Sua Igreja, Seu corpo, que não permitiu que os portões do inferno prevalecessm contra a Igreja.

Se S. Francisco não é uma grande “evidência” para  demonstrar que nunca houve uma “Grande Apostasia”, então que você pode achar nas vidas dos santos de todos os tempos, exemplos mais que suficientes para mostrar que o Espírito Santo foi ativo e que Jesus verdadeiramente esteve com Suas ovelhas como um bom pastor. Jesus nunca abandonou Seu rebanho para os lobos deste mundo.

Outras escrituras que mostram que um nunca houve uma “Grande Apostasia”, que não são muito conhecidas ou usadas pelos mórmons, pois não entendem o Corpo de Cristo que é a Igreja: 

Ef. 5:29-30: “Porque ninguém jamais odiou a própria carne; antes, a alimenta e dela cuida, como também Cristo o faz com a igreja; porque somos membros do seu corpo”.

CRISTO CUIDA E ALIMENTA SEU CORPO – QUE SOMOS NÓS.

Cl. 1.24:”Agora, me regozijo nos meus sofrimentos por vós; e preencho o que resta das aflições de Cristo, na minha carne, a favor do seu corpo, que é a igreja”

O corpo de Cristo não estava morto antes do mormonismo começar em 1830. O corpo de Cristo nunca morreu, depois de ter triunfado sobre a morte. Podemos nos tornar membros de seu corpo, que a Escritura chama de Sua Igreja. Como Seu corpo NUNCA pode morrer, Sua Igreja, que é SEU CORPO, NUNCA pode morrer! Os mórmons não entendem Paulo e não entendem a importância do corpo de Cristo e é relação para Sua IGREJA e para nós como membros de seu CORPO.

ICo. 6:15: “Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? E eu, porventura, tomaria os membros de Cristo e os faria membros de meretriz? Absolutamente, não”.

Aqui mesmo Paulo, pregando sobre os pecados da carne, nos fala que como membros do corpo de Cristo, sermos membros de uma meretriz é algo que não faz sentido e ele faz o ponto dizendo “absolutamente, não” e outras traduções dizem “longe disso” ou “que isto nunca aconteça”!Seria como se o próprio Jesus poderia dar a Si mesmo, Seu corpo, Sua Igreja, para o poder do pecado e de Satanás, algo que invalidaria nosso muito salvação. ATENÇÃO: se os mórmons estão certos em dizer de uma GRANDE APOSTASIA TOTAL, não há salvação. Claro que há salvação por Jesus Cristo nosso Senhor. Ele nunca deixou que Seu corpo sofresse duas vezes o poder da morte nem nunca deixou que Seu corpo fosse sujeito ao pecado. Ele morreu um sacrificio sem pecado por nossa própria culpa. Seu corpo não morreu duas vezes, mas ressuscitou só uma vez, viveu, reinou e se assenta à direita de Deus Pai. podemos nos tornar membros do corpo de Cristo, um corpo que Ele se preocupa e está cuidando desde quando veio ao mundo.

Pedro disse que Jesus abandonaria Sua Igreja?

IIPd.3.7-9: “Ora, os céus que agora existem e a terra, pela mesma palavra, têm sido entesourados para fogo, estando reservados para o Dia do Juízo e destruição dos homens ímpios. Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia. NÃO retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele É longânimo para convosco, NÃO querendo que NENHUM pereça, senão que TODOS cheguem ao arrependimento”

PEDRO AQUI ESTÁ DIZENDO QUE MESMO SE O FIM NÃO ACONTECER NOS PRÓXIMOS 1000 ANOS, AINDA ASSIM JESUS VOLTARÁ E SÓ ATRASA SEU RETORNO PORQUE ELE É LONGÂNIMO E NÃO QUER QUE NENHUM DE NÓS SE PERCA!

HÁ MUITAS EVIDÊNCIAS PARA MOSTRAR QUE JESUS NÃO NOS ABANDONOU  OU A SUA IGREJA, QUE É SEU CORPO. NÃO HÁ NENHUMA EVIDÊNCIA DE UMA GRANDE APOSTASIA – DIGA ISTO A SEUS AMIGOS MÓRMON. ELES É QUE DEVEM PROVAR QUE HOUVE UMA APOSTASIA TOTAL –   UMA TAREFA IMPOSSÍVEL DADA AS VIDAS DOS SANTOS AO LONGO DOS TEMPOS.

Quando era mórmon fui ensinado que At. 20:29-30 era uma das provas que Paulo sabia que uma Grande Apostasia começaria logo depois que ele partisse. Como vemos, porém, por tantos outros versículos no Novo Testamento, os mórmons tiram Atos 20:29-30 do contexto para dar um significado que eles estão procurando.

A última visita de Paulo para a Igreja em Éfeso é contada em Atos 20:17-38. Esta é uma despedida muito triste. Paulo ama muito estas pessoas e eles o amam também. Ele os edifica, instrui e adverte como qualquer bom pai faria. Se os mórmons lessem esta seção no contexto ou mesmo um versículo antes ou dois versículos depois do que eles usam:

At. 20:28-32:
“Atendei por vós e por todo o rebanho sobre o qual o Espírito Santo vos constituiu bispos, para pastoreardes a igreja de Deus, a qual ele comprou com o seu próprio sangue. Eu sei que, depois da minha partida, entre vós penetrarão lobos vorazes, que não pouparão o rebanho. E que, dentre vós mesmos, se levantarão homens falando coisas pervertidas para arrastar os discípulos atrás deles. Portanto, vigiai, lembrando-vos de que, por três anos, noite e dia, não cessei de admoestar, com lágrimas, a cada um. Agora, pois, encomendo-vos ao Senhor e à palavra da sua graça, que tem poder para vos edificar e dar herança entre todos os que são santificados”.

Atenção! Fiquem vigilantes! Paulo lhes disse que homens como Joseph Smith entrariam no rebanho e nos advertiu para ficarmos vigilantes! Paulo encomenda os efésios para a guarda de Deus, que pode edificá-los e dar-lhes uma herança que não deixará de vir se permanecerem santos e se lembrarem dos ensinos de Paulo.

Eles ficaram em guarda? Vamos ver o Apocalipse, escrito muito tempo depois da morte de Paulo…

Ap. 2:1-7
“A o anjo da igreja em Éfeso escreve: Estas coisas diz aquele que conserva na mão direita as sete estrelas e que anda no meio dos sete candeeiros de ouro: Conheço as tuas obras, tanto o teu labor como a tua perseverança, e que não podes suportar homens maus, e que puseste à prova os que a si mesmos se declaram apóstolos e não são, e os achaste mentirosos; e tens perseverança, e suportaste provas por causa do meu nome, e não te deixaste esmorecer. Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, arrepende-te e volta à prática das primeiras obras; e, se não, venho a ti e moverei do seu lugar o teu candeeiro, caso não te arrependas. Tens, contudo, a teu favor que odeias as obras dos nicolaítas, as quais eu também odeio. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus”.

S. João revela que a Igreja em Éfeso teve lobos, como Paulo previu, mas a Igreja testou estes homens e não os suportou. Eles perseveraram e suportaram muitos sofrimentos para o nome de Jesus. Eles precisavam de arrependimento (todos nós não estamos?) e terem o primeiro amor que os novos convertidos têm. Porém, embora seu amor esfriasse, eles lutaram contra a heresia dos nicolaítass. A Igreja de Cristo lutaria contra os nicolaítas e muitos outros grupos heréticos.

A resposta é que o uso fora-de-contexto de At. 20:29-30 NÃO é a prova de que houve uma GRANDE APOSTASIA. As escrituras e a história estão cheias de muitas apostasias mas nenhuma tão grande que a Igreja não seria encontrada na terra. Sempre aponto às vidas dos santos que, desde que a Igreja foi estabelecida por Cristo, viveram em todos os tempos para mostrar que o Corpo de Cristo, que é Sua Igreja, nunca desapareceu da face da terra. O fato que Jesus falou a S. Francisco no séc. XII e lhe disse que reconstruísse Sua Igreja é prova bastante para mim que Jesus não permitiu que os portões do Inferno  prevalecessem contra a Igreja mas levantaria homens e mulheres para construírem-na.

Mt. 16:18
“Também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.

Mt. 28:18-20
“Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século”.





About the author

Veritatis Splendor