Conteúdo Antigo

O MESSIAS ANTES DE JESUS – KNOHL, ISRAEL

Editora: Imago (Rio de Janeiro-RJ)
Ano: 2001
Páginas: 143 pp.

—————

O prof. Israel Knohl julga ter havido na comunidade dos monges judeus de Qumran um personagem que tinha atributos divinos e, ao mesmo tempo, era Servo Sofredor; terá sido assassinado pelos soldados romanos em 4 a.C. e seu cadáver terá ficado exposto durante três dias, após os quais seus discípulos proclamaram que havia ressuscitado. Esta figura de “Messias” terá sido paradigmática para Jesus.

Ora, quem observa os Evangelhos, verifica diferenças capitais entre Jesus e Manaém ou o “Messias de Qumran”: enquanto este é jactancioso e ambíguo em seu comportamento, Jesus se mostra humilde e destemido ao anunciar a Boa Nova. O paralelismo de esquema apontado por Knohl é secundário em relação às duas personalidades em foco e suas respectivas mensagens. Donde se depreende não haver dependência de Jesus em relação ao chefe da comunidade de Qumran.

A obra é interessante por apresentar aspectos do mundo romano que interessavam ao judaísmo antigo. O estilo do escritor é agradável e claro. Todavia, no tocante a Qumran, o autor não pode deixar de se basear, mais de uma vez, em conjecturas.

Mesmo no caso de serem corretas as suposições do prof. Knohl, a imagem do Messias de Qumran assim descrita fica muito longe da figura de Jesus Cristo que, à diferença de Manaém, nunca pensou em promover uma guerra para implantar seu messianismo. A originalidade singular de Jesus perdura inabalada.

Facebook Comments

Livros recomendados

A Paixão de Cristo Segundo o CirurgiãoUm Esboço da Sanidade – Pequeno Manual do DistributismoA Confissão

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.