Não, pois o Espírito Santo procede do Pai e do Filho. Isto porque o Espírito Santo produz-se, desde toda a eternidade, do amor mútuo entre o Pai e o Filho (cf. João 15,26; 16,14-15).

Facebook Comments

Livros recomendados

Uma Teologia da HistóriaA presa de Sharpe (Vol. 5)Paixão por vencer