O Missal Romano de 1970 é o formulário litúrgico padrão para o Rito Romano, e atende às reformas prescritas pelo Sacrossanto Concílio Ecumênico Vaticano II. Esse Missal renovado foi aprovado por Sua Santidade, o Papa Paulo VI, e é conhecido, para diferenciá-lo do anterior, como Novus Ordo. É utilizado pela grande maioria dos fiéis e clérigos do Rito Romano.

 

O Missal Romano de 1962 continua válido, por especial indulto de Sua Santidade, o Papa João Paulo II, e é usado em muitas Dioceses ao redor do mundo, bem como, de uma maneira especial, pela Administração Apostólica Pessoal São João Maria Vianney, em Campos, no RJ, como forma própria de celebração em rito romano. Refere-se ao texto litúrgico aprovado por Sua Santidade, o Papa São Pio V, seguindo as reformas do Concílio Ecumênico de Trento (por isso chamado ?tridentino?), e foi o Missal oficial utilizado antes do Vaticano II.

 

O presente texto da Santa Missa segue o Missal de 1970, hoje em sua 3a Edição Típica em latim, lançada em 2002. A versão em português dessa última edição ainda não foi lançada, de modo que seguiremos a anterior.

 

Instruções:

 

1.    Letras vermelhas minúsculas são as rubricas para a Missa.

2.    Letras em itálico minúsculas informam quanto ficar em pé, sentar ou ajoelhar.

3.    LETRAS EM NEGRITO MAIÚSCULAS significam as partes mais importantes da Missa (grandes divisões).

4.    Letras em negrito minúsculas são as pequenas divisões da Missa.

5.    Letras vermelhas em negrito minúsculas servem como títulos para as várias opções de Oração Eucarística ou para os dois Credos.

6.    Uma + mostra que o sacerdote deve fazer um sinal da cruz nessa hora.

7.    (próprio) Esta parte da Missa muda através do ano, conforme o formulário do dia.    

8.    O termo ?ministro? não se refere aos Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística (MECE?s), e sim aos diáconos, aos acólitos instituídos e aos sacerdotes exercendo o acolitado ou a função de Cerimoniário.

 

Facebook Comments

Livros recomendados

Doutor FaustoEsta Poesia e Mais OutraA cólera dos imbecis – Cartas de um terráqueo ao Planeta Brasil – Volume X