Apologética Sacramentos Teologia Dogmática

A Eucaristia

Written by Veritatis Splendor

Como nos artigos anteriores, podemos primeiramente procurar no Antigo Testamento uma prefiguração da Eucaristia.

Vamos começar com a primeira refeição da Páscoa. Esta refeição foi a chave para a libertação do Povo Eleito de sua escravidão [no Egito]. Segundo a história, um cordeiro macho e perfeito [sem qualquer deficiência] foi escolhido para ser abatido para a refeição da Páscoa e o sangue do cordeiro foi aplicado no batente da porta. Todos os que participavam da refeição da Páscoa eram obrigados a comer da carne do cordeiro, pois somente assim o primogênito da família seria poupado do Anjo da Morte.

Chegamos agora ao Novo Testamento. A principal referência com a qual iremos começar encontra-se em João 6,48. Antes de concluir no versículo 71, Cristo menciona, não uma mas quatro vezes, que devemos comer da Sua carne e beber do Seu sangue para que possamos obter a vida eterna. Muitos discípulos decidem abandonar Cristo neste momento porque não conseguiam aceitar este Seu ensinamento. Nosso Senhor os chama de volta e fala que Ele realmente não quis dizer o que disse? Não! Ele os deixa ir.

Jesus então desafia os Apóstolos. Simão Pedro é o único a falar dizendo: “Senhor, a quem iremos? Tu tens palavras de vida eterna. Cremos e sabemos que tu és o Santo de Deus”. Mas os Apóstolos tinham compreendido o discurso que Jesus acabara de proferir? Provavelmente não, mas aceitaram o ensino e creram Nele.

O cumprimento do mandamento de Cristo em João 6, de comer do Seu corpo e beber do Seu sangue, veio na última ceia (na Páscoa), quando Ele instituiu a Eucaristia com as palavras: “Isto é o meu corpo…” e “Isto é o meu sangue…” É aqui onde a primeira Páscoa imperfeita do Antigo Testamento foi perfeitamente cumprida no Novo Testamento. O Cordeiro macho e perfeito [sem pecado] deve ser oferecido como sacrifício para obter a nossa redenção da escravidão do pecado; a carne e o sangue do Cordeiro são consumidos.

As palavras de Nosso Senhor são claras e os paralelos com o Antigo Testamento são inegáveis. A Eucaristia é verdadeiramente o corpo e o sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não cometa o erro de abandonar este ensinamento como muitos fizeram no Evangelho de João!

Facebook Comments

Livros recomendados

O Livro dos Atos dos Apóstolos – Cadernos de Estudo BíblicoCatena Aurea – Vol. 1 – Evangelho de São MateusO Homem Eterno

About the author

Veritatis Splendor