Testemunhos

Francisco Javier Ixcol – Ex-protestante

“Agora Conheço a Verdade!”

Meu nome é Francisco Javier Ixcol, natural de Santa Lúcia Utatlan (Guatemala). Gostaria de dar a conhecer ao meu testemunho de vida: sou um homem casado, tenho três filhos e vou contar o que Jesus Cristo fez comigo e com toda a minha família.

Estive durante oito anos participando do Protestantismo; criticava a Igreja Católica – fundada por Jesus! – e os sacramentos instituídos por Jesus. Tinha muitas idéias equivocadas acerca das imagens, dos santos e da Virgem Maria, etc. Eu achava que os católicos as adoravam, como ainda hoje muitos protestantes pensam, quando me dei conta da grande diferença que há entre adorar e venerar.

Sempre tinha destes problemas com minha esposa, pois ela era católica e eu protestante; assim, não podíamos compartilhar a Palavra de Deus. Minha esposa orava por mim, pedia ao Senhor para que eu reconhecesse a verdadeira Igreja fundada por Jesus; e pedia também que a Virgem Maria intercedesse por mim. Com o passar do tempo, reconheci o erro em que me encontrava e, então, passei a ir à Igreja. Lembro-me que foi na paróquia da Sagrada Família, na capital. A partir de então não voltei mais ao Protestantismo, porque me ensinaram bíblica e historicamente que a Igreja Católica foi fundada pessoalmente por Jesus, tal como vemos no Evangelho de São Mateus 16,18 e 28,20.

Hoje digo aos meus irmãos protestantes que reconheçam o erro em que se encontram. Graças aos Missionários Apóstolos da Palavra tive esse conhecimento acerca da fé autêntica. Aos meus irmãos católicos convido para que ingressem em algum grupo pastoral de sua paróquia. Hoje pertenço aos defensores da fé, dando a conhecer a Igreja que Jesus Cristo fundou.

Facebook Comments

Livros recomendados

Um Esboço da Sanidade – Pequeno Manual do DistributismoA Cura das Feridas SexuaisO Napoleão de Notting Hill

About the author

Veritatis Splendor

Leave a Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.