Por Jaime Francisco de Moura

Jesus teve irmãos?

Para os protestantes sim! Eles se baseiam nestas palavras de Marcos: “por acaso, não é ele o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão?” (Marcos 6,3) (Lucas 8,19).

Esta interpretação é extremamente falsa, pois três desses supostos “Irmãos de Jesus”, têm seus pais nomeados na Bíblia. Vejamos: o 1º é Tiago. É ele, segundo (Gálatas 1,19), Tiago Apóstolo, o Menor (Marcos 15,40), cujo pai é Alfeu (Mateus 10,3); o 2º, José, é irmão carnal de Tiago, pois ambos são filhos de uma das três Marias que estiveram ao pé da Cruz (Mateus 27,56), e cujo irmão pai é também Alfeu; o 3º é Judas, o Tadeu, que também é irmão de Tiago (Judas 1,1). Seu pai é também Alfeu. São Lucas o chama “Judas de Tiago” ou seu irmão (Lucas 6,16).

O último da lista é Simão, cujos pais não têm os nomes expressos na Bíblia. Mas o historiador Hegezipo (sec. II), informa que ele é filho de Cléofas, esposo de “Maria, irmã da Mãe de Jesus” (João 19,25). Simão na verdade é primo de Jesus. E se Cléofas e Alfeu são nomes em hebraico e aramaico da mesma pessoa, como pensam muitos, os quatro chamados “irmãos de Jesus” são entre si, irmãos carnais. Em qualquer hipótese eles são primos ou parentes de Jesus.

Explicação sobre a palavra “Irmãos” na Bíblia

Há muitos exemplos na Bíblia em que os parentes próximos são chamados de irmãos: “Disse Abraão a Lot: Peço-te que não haja rixas, pois somos irmãos.” (Gênesis 13,8) – Abraão não era irmão de Lot, mas tio.

– “Eleazar morreu e não teve filhos, mas filhas e estas se casaram com os filhos de Cis, seus irmãos.” (1 Crônicas 23,22) – As filhas de Eleazar eram primas dos filhos de Cis.

– Ver também: (Êxodo 2,11) (Mateus 23,8) (Gênesis 9,6) (Mateus 5,21-22) (1 Coríntios 15,6).

Agora vamos para um exemplo bem racional e lógico

Maria é chamada “Mãe de Jesus” e nunca “Mãe dos Irmãos de Jesus”. A família de Nazaré aparece apenas com três pessoas: Jesus, Maria e José. Aos doze anos, Jesus, vai ao templo exclusivamente com sua mãe e seu pai. Se Jesus tivesse irmãos os mesmos estariam presentes no templo. E estes supostos irmãos também estariam na crucificação de Jesus.

Jesus no calvário entregou sua mãe a João, o evangelista; se Maria tivesse outros filhos Jesus teria entregado sua Mãe a seus irmãos carnais e não ao evangelista. E a Bíblia não diz que estes quatro personagens são “filhos de Maria”, a Bíblia diz que só Jesus é chamado “filho de Maria” (com artigo no original – Marcos 6,3)

Conclusão

É muito simples! A palavra “irmão” na Bíblia, tem o significado de “primo ou parente próximo, pois a língua hebraica não possui a palavra primo”.

Facebook Comments

Livros recomendados

OtimismoRetratos do ImpérioConfirmação (Coleção Sacramentos)