Apologética Ecumenismo e Religiões Cristãs

Leste ou Oeste?

Written by Veritatis Splendor
  • Autor: Pe. Arthur W. Terminiello
  • Fonte: Livro “The 40 Questions Most Frequently Asked about the Catholic Church by Non-Catholics” (1956) / Site “Una Fides, One Faith” (http://net2.netacc.net/~mafg)
  • Tradução: Carlos Martins Nabeto

– A Igreja Ortodoxa Grega é a mesma que a Igreja Católica Romana?

A Igreja Católica é dividida geograficamente em duas grandes divisões: o Oriente e o Ocidente. No Oriente, há uma divisão adicional de igrejas: aquelas que estão em comunhão com o Papa e as que não estão. Aquelas que estão ligadas a Roma são chamadas “UNIATAS” ou, mais corretamente, “Igrejas Católicas Orientais”. Aquelas que não estão ligadas a Roma são chamadas de “igrejas ortodoxas”.

A igreja grega é uma dessas igrejas orientais e, na Grécia, esta igreja é dividida entre aquelas que estão unidas a Roma e as que não estão, ou sejam, a Igreja Católica Grega e a Igreja Ortodoxa Grega.

As Igrejas Ortodoxas Orientais são divididas em muitos ramos e reconhecem a supremacia de cinco Patriarcas: Constantinopla, Alexandria, Antioquia, Jerusalém e Chipre[*].

Em questões essenciais, as Igrejas Ortodoxas creem como a Igreja Ocidental em sua maior parte. No entanto, elas não aceitam a autoridade do Papa. Seus padres são validamente ordenados e seus bispos validamente consagrados. Os padres podem ser homens casados, desde que se casem antes de se tornarem diáconos.

Sua liturgia é semelhante à liturgia católica oriental, mas diferente da liturgia ocidental, exceto nas partes essenciais, como a consagração.

—–
[*] NdoT.: Isso em 1956. Atualmente o número de Patriarcados é bem maior: além dos 5 elencados nesta resposta, há ainda: Rússia, Sérvia, Romênia, Bulgária e Geórgia, além de Kiev, secessionada da Rússia e não reconhecida por esta.

Facebook Comments

Livros recomendados

10 Livros Que Todo Conservador Deve Ler – Mais Quatro Imperdíveis E Um ImpostorA verdadeira história da InquisiçãoCatena Aurea – Vol. 1 – Evangelho de São Mateus

About the author

Veritatis Splendor