A Origem da imagem do Senhor Santo Cristo.

Foi o Papa Clemente VII que ofereceu a duas freiras, do Vale dos Cabaços, que foram a Roma requerer a Bula Apostólica para a criação do Mosteiro da Esperança, a imagem do Ecce Homo.

Em 1541 algumas religiosas do Vale de Cabaços levaram a imagem do Senhor Santo Cristo dos Milagres para o convento da Esperança em Ponta Delgada, pois a imagem encontrava-se ameaçada pelas várias incursões de piratas. Foi inicialmente colocada na Ermida de Nossa Senhora da Paz, sendo posteriormente movida para um altar no coro de baixo, pela Madre Teresa da Anunciada.

Madre Teresa da Anunciada

Nascida a 25 de Novembro de 1658 na freguesia de São Pedro, na Ribeira Grande, Teresa de Jesus tomou o véu de Noviça a 20 de Junho de 1682 no Convento da Esperança, tendo professado a 23 de Junho de 1683. Por sugestão de Frei Francisco da Anunciada, ela tomou o nome de Teresa da Anunciada.

Segundo as memórias da Madre Teresa, foi o próprio Senhor Santo Cristo, que a inspirou, através de sonhos e visões, para que a imagem fosse alvo de culto.

A 16 de Maio de 1738, no convento da Esperança, faleceu. Dois anos depois, D. Frei Valério do Sacramento, Bispo dos Açores, mandou abrir processo de Inquirição de virtudes da Madre Teresa, tendo resultado deste processo a resolução de que de Teresa é Venerável.

Todos os anos, na data da sua morte, celebra-se no convento da Esperança, uma Eucaristia em sua honra.

 

O Início do Culto

Em 1700, por inspiração do Senhor Santo a Madre Teresa, realizou-se a primeira procissão.
Foram só passados 13 anos, que a Imagem tornou a sair. Durante dias seguidos S. Miguel tinha tremido, tornando em ruínas muitas moradias, fumos surgiam de fendas, as populações estavam em pânico.
Um grupo de freiras do Convento da Esperança levou a Imagem do Santo Cristo em Procissão. Durante a procissão, um abalo mais forte fez com que a Imagem caísse. No entanto, a Imagem ficou erecta no chão e não se sujou.
Como a crise sísmica acabou neste momento, o povo mudou o nome da Imagem de Senhor Santo Cristo, para Senhor Santo Cristo dos Milagres.

Facebook Comments

Livros recomendados

A cólera dos imbecis – Cartas de um terráqueo ao Planeta Brasil – Volume XSanta Francisca RomanaPoesia Reunida: 1985-1999