Espaço do Leitor

Leitor diz que se pode duvidar da sucessão apostólica na igreja católica

[Leitor autorizou a publicação de seu nome no site] Nome do leitor: Paulo
Cidade/UF: SC
Religião: Outra

Mensagem
========

É claro que a Igreja Anglicana tem sucessão apostólica: Isso independe  de ritos, intenções, ordens, etc. Todos os verdadeiros crentes em Jesus Cristo que fazem a vontade de Deus são sacerdotes, nação santa e povo eleito como nos garante a Bíblia. Assim sendo, utilindo este e outros argumentos também poderíamos  duvidar da continuidade da sucessão apostólica na Igreja Católica Romana que devido a seus inúmeros crimes acabou perdendo o vínculo com os verdadeiros apóstolos.  Se o Papa fosse julagar os crimes cometidos pela Igreja Romana durante os séculos, utilizando para isso a própria doutrina católica , ele seria obrigado a excomungá-la.

Prezado Paulo,

Agradeço imensamente o seu contato.

Existem dois tipos de sacerdócio o ministerial e o régio. Os presbíteros participam do sacerdócio ministerial de Cristo, pois Ele é sumo-sacerdote (cf. Hb 7,11; 10,21-22) e os demais fiéis do sacerdócio régio de Cristo.

O Protestantismo trouxe a novidade de se negar o sacerdócio ministerial. Veja que os primeiros cristãos que já professavam a Fé antes da Reforma, como católicos e ortodoxos, crêem tanto no sacerdócio ministerial quanto no régio. No protestantismo, me parece que a exceção é o Anglicanismo, que crê também em ambos os sacerdócios.

O presbítero participa do sacerdócio ministerial do Senhor após ser ordenado, isto é, receber as sagradas ordens (cf. 1Tm 4,14). O fiel participa do sacerdócio régio do Senhor após receber o batismo (cf. 1P 2,5-9).

A sucessão apostólica se dá na perpetuidade do ministério episcopal, isto é, do Bispo. O Episcopado é um grau do sacramento da ordem (são três: diaconato, presbiterato e o episcopado). Logo, a sucessão apostólica não se dá através do sacerdócio régio, como você conclui, mas se dá através do episcopado, pois os apóstolos foram os primeiros Bispos da Igreja, logo aqueles que lhes sucedessem no cargo, também se tornariam Bispos. Para saber mais sobre a sucessão apostólica recomendo a leitura de um outro trabalho meu (1).

A Igreja Anglicana no seu início guardava a sucessão apostólica, pois seus primeiros bispos eram bispos católicos, porém a perdeu, por ordenar bispos de forma inválida. Com isto a ordem episcopal do Bispo legítimo que ordenava invalidamente não era passada para quem estava sendo “ordenado”. Para saber mais leia um excelente artigo do Dr. Rafael Vitola (2).

Os crimes a que você se refere da Igreja Católica creio que esteja falando da Inquisição. Você deveria estudar antes de falar sobre temas que desconhece. Saiba você que na antiga sociedade teocêntrica, pecar contra a Fé era tão grave quanto estuprar uma jovem. Do jeito que a sociedade anda a galope ao “moderno”, é bem possível que a geração de manhã nos considere bárbaros por prendemos traficantes e assassinos, alegando que total desrespeito ao direitos humanos. Portanto, só se julga uma sociedade dentro de seus próprios costumes e valores. E para o seu governo, saiba que também existiu uma inquisição protestante (3).

Apesar disso é bem sabido que nem todos os bispos católicos foram santos. Mesmo assim, o pecado do homem não anula a sagração (sacramento da ordem) que recebeu. Por exemplo, um padre, mesmo que deixe suas funções ou apostate da fé, jamais deixará de ser um padre. Um outro exemplo, na Antiga Lei, o pecado de um letiva não o demitia de suas funções (cf. Hb 7,28).

Só a Igreja Católica e as Igrejas Ortodoxas é que guardam a legítima sucessão apostólica. Só nelas há verdadeiros bispos e legítimos sucessores dos apóstolos.

Em Cristo,

Prof. Alessandro Lima.

Notas

(1) LIMA, Alessandro. Apostolado Veritatis Splendor: O que é Igreja Apostólica? Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/2302. Desde 10/11/2003.

(2) BRODBECK, Rafael Vitola. Apostolado Veritatis Splendor: A Sucessão Apostólica na Igreja Anglicana. A questão das ordenações anglicanas segundo Leão XIII. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/4411. Desde 17/8/2007.

(3) MOURA, Jaime Francisco de. Apostolado Veritatis Splendor: Leitora questiona a Inquisição Protestante. Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/3223. Desde 21/11/2005.

Veja também  O que dizer da autoridade da Igreja?