Espaço do Leitor Respostas a Leitores (por Leandro Martins de Jesus)

Os Patriarcas realmente viveram centenas de anos?

– Tenho dúvidas sobre a idade dos Patriarcas na Bíblia: eles realmente viveram tantos anos ou a forma de contar era diferente dos dias atuais? (J.)


Prezado leitor,
A paz de Cristo!
Agradecemos o seu contato e confiança. Ore por nós!

Para compreender estes textos do Antigo Testamento relativos à idade avançadíssima de personagens bíblicos é necessário estar atento ao gênero literário e ao simbolismo do texto.

O grande e saudoso Dom Estêvão Bettencourt (osb) elucida com precisão e veracidade a dúvida suscitada, demonstrando que os personagens bíblicos não viveram tanto tempo, tratando-se, antes, de simbolismo bíblico, que retrata uma verdade teológica. Vejamos:

– “Já que os números frequentemente indicam quantidades, entende-se que as expressões de plural na Sagrada Escritura não designam sempre multidão, extensão, mas intensidade de um predicado. É o que se verifica, por exemplo, na genealogia dos Patriarcas bíblicos: a extraordinária longevidade (centenas de anos) que lhes vem atribuída exprime enfaticamente a alta venerabilidade que competia a esses homens; à figura de um Patriarca parece, sem dúvida, pertencer longa vida que lhe confere experiência e autoridade. Em outros termos: longa vida é, conforme os autores israelitas, prêmio que Deus outorga a virtude (…) O declínio da longevidade à medida que se passam os tempos, desde Adão até Abraão, é sinal de que a corrupção, o pecado, vão exercendo cada vez mais os seus efeitos no gênero humano” (BETTENCOURT, Estêvão. “Para entender o Antigo Testamento”. Aparecida: Santuário, 7ª ed., 1990, pág. 79).

Complementando a resposta, o mestre em Ciências Bíblicas, Luiz da Rosa, também ensina:

– “Em várias passagens, o texto sagrado sublinha que a longevidade é um dom de Deus, que ele dá a quem vive de acordo com a sua vontade (Jó 36,11; Provérbios 3,2; 16,1). A vida longa é ligada com a observância dos Mandamentos do Senhor. Por isso, se alguém obedece a Deus conserva as energias físicas (Deuteronômio 34,7; Josué 14,10; Salmos 92,15) enquanto o que desobedece é punido antes que alcance a velhice (1Samuel 2,31.32). É exatamente por isso que encontramos em Jó 21, 7 esse texto: ‘Por que os ímpios continuam a viver, e ao envelhecer se tornam ainda mais ricos? Trata-se de um recurso literário para transmitir uma ideia teológica: quanto mais nós nos afastamos de Deus, menos vivemos” (ROSA, Luiz da. “Por que as pessoas antigamente viviam tanto?”, in: http://www.abiblia.org/ver.php?id=3439#.UY0sd7XU-3E. Acessado em 10/05/2013).

Esperando ter sanado sua dúvida, me despeço.
In caritate Christi


Livros recomendados

10 Livros Que Todo Conservador Deve Ler – Mais Quatro Imperdíveis E Um Impostor“Eu Sou a Graça” – As Aparições de Nossa Senhora das Graças em PernambucoO Livro do Gênesis – Cadernos de Estudo Bíblico





About the author

Católico Porque...