Tudo no universo se revela ordenado para um fim. No entanto, a ativa concorrência de vários elementos de que resulta um fim ordenado supõe uma Causa Inteligente que os ordenou. A natureza, toda ela, é composta por diversos elementos que, devidamente adaptados uns aos outros, visam um fim determinado e o realizam; logo, a natureza é efeito de uma Causa Inteligente – Deus – que a criou. O mesmo se diria da beleza e formosura que reinam nos céus e na terra, para onde voltarmos os nossos olhos. Toda ordem supõe um Ordenador. Seria um absurdo, então, achar que toda a ordem do universo se deu e se dá pelo simples acaso.

Facebook Comments

Livros recomendados

Não Trago Ouro Nem PrataO Diabo na HistóriaO trabalho intelectual e a vontade – continuação de “A educação da vontade”